Nativa SPA Loção Cremosa Hidratante Exótica Ameixa

Sou uma pessoa muito preguiçosa para usar hidratante. Sempre acabo esquecendo e também enrolo pois não gosto de ficar com a pele melada de creme. Porém, hidratação é algo que não podemos ignorar e por isso o meu amor por esse hidrante de O Boticário é tão grande, uma vez que ele tornou o ato, uma rotina.

HIDRATANTE-NATIVA-SPA-AMEIXA-RESENHA-GATOQUEFLUTUA-BLOG-FOTO-DEBBCABRAL

Além de ser o hidratante mais cheiroso que já usei na vida inteira, ele absorve muito rápido. É tão leve e suave que não tem como não gostar. Como é muito cheiroso, o Nativa SPA Loção Cremosa Hidratante Exótica Ameixa é um hidratante que pode ficar sempre na bolsa e substituir até o perfume. Seu cheiro é adocicado, mas nenhum pouco enjoativo, sou bem chata em relação à isso.

Ele promete uma pele hidratada por até 30 horas. Quando vemos sua textura leve e de rápida absorção fica difícil acreditar nisso, mas ele realmente prolonga a  sensação de pele aveludada. Sua fórmula possui extratos de ingredientes naturais nutritivos.

Eu costumo deixar a embalagem próxima a cama e passo antes de dormir, o quarto fica muito perfumado! Passo em todas as áreas do corpo, excerto o rosto. Também é legal deixar perto da mesa de trabalho, pois o ar condicionado resseca as mãos e o hidratante resolve esse problema bem rápido. Em um minuto as mãos estão secas e macias, sem prejuízo na rotina corrida.

Sem duvida virou um dos meus hidratantes favoritos da vida, ainda mais que a linha conta com dois tamanhos, o de 200ml, custando por volta de R$32,00 e o de 400ml, que sai em média por R$52,00. O Boticário sempre promove alguma promoção, por isso, uma dica é sempre estar de olho na marca e aproveitar os descontos que surgirem.

Nativa SPA Loção Cremosa Hidratante Exótica Ameixa também é uma excelente dica de presente.

Siga nas redes sociais!

Facebook  ✚ Instagram ✚ Twitter ✚ Google +  ✚ Pinterest ✚ Youtube ✚ Skoob

O Gato leu: Arte e Grande Público – A distância a ser extinta

Arte e Grande Público – A distância a ser extinta – Maria Inês Hamann Peixoto
Editora: Autores Associados
Ano: 2003
Páginas: 103
Compre: Amazon

A leitura do mês de março do Desafio Doze Meses Literários era uma não-ficção. Escolhi Arte e Grande Público – A distância a ser extinta pois era um livro que já estava na minha estante há alguns anos e que tem um pouco a ver com a minha área de atuação profissional, o jornalismo cultural.

A minha parte preferida do livro foi o seu inicio, no qual a autora focou principalmente na questão da democratização da arte. A criação é algo que faz parte do que nos torna humanos, assim, a humanidade deve ter acesso a ela.

Pensar o acesso a arte numa sociedade em que nem todos tem acesso ao essencial para sua sobrevivência é algo supérfluo? Essa é uma pergunta que não tem uma resposta correta, porém, devemos sempre observar que a arte é um agente transformador, ela vem de uma realidade social e tem o poder de promover a mudança nessa realidade.

Quanto mais condições de acesso ao modo da cultura – arte, filosofia e ciência -, tanto mais genuinamente humano o homem se faz. (Pág. 46)

Consciência e humanização. Dentro da sociedade capitalista, que trata a arte como mais uma mercadoria, esses resultados são difíceis de se alcançar. No livro, a autora faz um panorama da nossa relação com as artes, desde os povos primitivos até chegar num entendimento sobre capitalismo e mercado.

O fosso cavado entre a arte e o grande publico na sociedade capitalista, em função de interesses econômicos-sociais excludentes, constitui afronta e crime contra o direito do homem de desenvolver ao máximo todas as qualidades que lhe garantem o enriquecimento como individuo social e histórico, bem como contra a capacidade  e liberdade humanas de criar e o direito de todos de ter acesso livre aos objetos criados. (Pág. 95)

A segunda parte do livro se dedica a um mergulho na concepção marxista para entender essa relação e interpretação, além de seus reflexos e fundamentos. O objetivo? Uma arte para todos.

Siga nas redes sociais!

Facebook  ✚ Instagram ✚ Twitter ✚ Google +  ✚ Pinterest ✚ Youtube ✚ Skoob

Busca pela felicidade, melancolia e ansiedade. Um ciclo eterno?

Já tentou sorrir por muito tempo? Cansa não é mesmo? O corpo não consegue forçar algo por um longo período. Tentar ser feliz a todo custo é mais ou menos assim.

Ser feliz não é algo ruim, gente, que absurdo, não me entendam errado. A busca interminável pela felicidade é que cansa, principalmente se essa busca estiver associada à adquirir algo ou agradar os outros. Eu tenho sonhos, tenho desejos, sei de coisas que quero muito, mas não posso ficar pensando só nisso. Obsessão é algo muito sério, pois nos desliga no mundo e nos deixa cegos para todo o resto.

Cisne Negro (filme)

De que adianta se preocupar com algo que ainda está distante? Faça o que estiver ao seu alcance para realizar aquilo que deseja, mas não fique se martirizando se não acontecer ou demorar muito pra chegar. Enquanto isso, não esqueça de viver. Pare de antecipar as dores de cabeça, pare de ser derrotado pela ansiedade.

Também não despeje as suas expectativas em cima das outras pessoas, todo mundo já tem um fardo pra carregar, não queira que os outros carreguem o seu. Se você quer conversar, reclamar ou chorar, esteja consciente de que o outro também pode querer fazer isso. O apoio tem que ser mútuo.

Às vezes a desolação nos domina, sei como é. Não dá vontade de sair da cama e já estamos derrotados antes mesmo do dia começar. Vivemos sentimentos extremos. Um dia é histeria, no outro, melancolia. O equilíbrio é algo que parece tão distante…

A Carla do Faltou Açúcar fez um vídeo tocante sobre isso. Ela tornou suas angústias algo visível e palpável e depois lidou com elas. É preciso coragem para mostrar as nossas fraquezas.

Talvez o segredo seja olhar para o que está mais próximo, o que dá e tem de ser resolvido agora. Lidar com o depois, só depois mesmo. Não deixar a ansiedade nos dominar. Viva cada momento a seu tempo. Não deixe de viver o hoje e só pensar no amanhã. Olhe para o lado e veja, você deve ter algum motivo para sorrir.

Pare de contar os minutos, contar os centavos. Eu sei, é difícil, ainda mais quando algumas situações nos deixam com a corda no pescoço. Mas tente não se enforcar sozinho. Se angustiar não resolve nada, ok?

As coisas são como um delicioso bolo no forno. Parece que demora mais pra ficar pronto quando você fica vidrado olhando o tempo todo, não é mesmo? Então, já fez a sua parte? Já bateu o bolo e limpou a cozinha? Agora deixe o forno fazer a parte dele e vá curtir um pouco, pois quando você menos esperar a doce recompensa estará pronta. 🙂

Siga nas redes sociais!

Facebook  ✚ Instagram ✚ Twitter ✚ Google +  ✚ Pinterest ✚ Youtube ✚ Skoob

Pixel lança O Mundo da Mulher Maravilha

As expectativas para o filme da Mulher Maravilha estão altíssimas. Apesar da DC Comics ainda não ter acertado o passo nos cinemas, eu acredito que este será o melhor filme que ela fará.

Enquanto o grande dia não chega, a Pixel Media, selo de quadrinhos da Ediouro, lança O Mundo da Mulher Maravilha, um livro ilustrado cheio de informações sobre a personagem.

Metade humana e metade deusa, Diana é filha de Zeus e Hipólita — rainha das Amazonas — e foi treinada desde o seu nascimento para ser uma representante de Themyscira para o mundo humano.

Eu fiquei muito feliz com a noticia desse lançamento, pois a Mulher Maravilha tem uma história e tanto e passou por diferentes contextos sociais. No livro, Diana compartilha sua perspectiva única sobre o mundo pela primeira vez, tanto como guerreira destemida quanto como embaixadora da paz. Ele é repleto de histórias desde sobre como foi crescer em Themyscira até seu ingresso na Liga da Justiça, ao se tornar a Deusa da Guerra.

São dicas e mensagens que uma aspirante a super-heroína precisa saber para seguir o mesmo caminho. Diana é um modelo de mulher forte, determinada e justa. O lançamento do livro será páreo ao do filme live-action.

O Mundo da Mulher Maravilha é indicado para o público geek jovem e adulto. Uma excelente dica de presente. Já está disponível na Amazon.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS
Número de páginas: 64
Formato: 23,5 x 23,5 cm
Preço de capa: R$39,90

Siga nas redes sociais!

Facebook  ✚ Instagram ✚ Twitter ✚ Google +  ✚ Pinterest ✚ Youtube ✚ Skoob

O Gato viu: Guardiões da Galáxia Vol. 2

O que esperar da sequência do que foi aclamado por muitos como o melhor filme de heróis? Apenas mais e mais!

Guardiões da Galáxia Vol. 2, já primeira cena do grupo, nos conquista em uma overdose de fofura com Baby Groot, a pequena planta ambulante. Essa cena serve para mostrar o status da relação da equipe e a forma como eles estão “trabalhando” atualmente.

O grupo realiza “serviços” pelo bem galáxia, mas sem perder o jeito de agir que lhe é tão característico. Em meio a uma fuga, se vem obrigados a aterrissar em um planeta próximo, lá encontram um homem que diz ser o pai de Peter. Seria verdade ou uma armadilha? Os Guardiões se dividem e vão em busca de respostas. Nesse caminho, personagens novos surgem e antigos inimigos se tornam aliados. A galaxia mostra que nunca vai deixar de surpreender.

Guardiões da Galáxia Vol. 2 é um filme de super-heróis que fala sobre relacionamentos. Um amor não verbalizado. Uma amizade ainda frágil. Uma família problemática e outra recém descoberta. Um compromisso com a salvação daqueles que nem se conhece. O grupo desfuncional tem, durante a trama, que se entender e confiar um no outro.

Há o medo de se arriscar e ficar mais uma vez sozinho. Os Guardiões trabalham bem juntos durante as batalhas, mas será que nos momentos de calmaria eles conseguem ser uma equipe também?

A luta para se manterem unidos será aquela mais difícil que terão em seu caminho.

O filme desperta muitos sentimentos. Uma hora nós choramos de rir e, em outra, choramos de tristeza. Guardiões da Galáxia Vol. 2 consegue ser tão bom quanto o primeiro e temos muitas cenas de ação belíssimas. Acho que esse é um filme mais para o fãs do que o seu predecessor. Temos personagens novos e um universo que se expande. O primeiro longa é um filme de origem, por isso é um pouco mais fácil de entender. Já esse, deixa muuuuitos ganchos para as próximas aventuras da Marvel nos cinemas. É imperdível!

Uma dica amiga: Guardiões da Galáxia Vol. 2  tem CINCO cenas pós-créditos!

 Siga nas redes sociais!

Facebook  ✚ Instagram ✚ Twitter ✚ Google +  ✚ Pinterest ✚ Youtube ✚ Skoob