5 vezes que a vida me fez rockeira

Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots, um grupo de blogueiros que incentiva a produção de conteúdo criativo e autoral, sem ser clichê e principalmente, sem regras.

Essa ideia do Rotaroots me fez rir logo quando li o tema. Primeiro pensei em fazer algo engraçado, como o meme da internet, depois decidi que era melhor ir atrás de lembranças e compartilhar com vocês.

Amei fazer isso. Lá vai!

  1. MAMONAS ASSASSINAS

    mamonas assassinas

    Que jovem nunca se identificou com essa turma louca? Ir em rede nacional e fazer piadas, dizer palavras proibidas e ser feliz, isso era o Mamonas Assassinas. Quando criança eu cantava as músicas do Mamonas o mais alto que podia. Agora, adulta, eu percebi que nós temos que SER o rock, isso significa falar o que não querem ouvir, incomodar, se inquietar e ir em luta daquilo que acreditamos!

  2. AVRIL LAVIGNE – A ORIGEM

    avril lavigne

    Essa vai para todas as meninas que se identificaram com o jeito “essa sou eu, lidem com isso” da Avril no inicio de carreira. Era a ideia de não ser mais a bonequina, perfeitinha, mas sim a garota que vive a vida e faz o que quer. Eu vi o auge da Avril Lavigne e me identificava muito com o jeito desencanado dela, queria curtir de skate com os amigos e chocar com a maquiagem preta nos olhos.

  3. NUMB, DO LINK PARK

    numb - link park

    Conheci Link Park com essa música e achei incrível. A MELHOR MÚSICA (mesmo tendo um clipe tosco). Até hoje eu grito junto e surto junto, principalmente quando escuto no Live in Texas que, pra mim, é o melhor álbum deles. Essa é uma banda que marcou muito a minha vida.

  4. PITTY, DIVA BRASILEIRA

    tumblr_m765h1kyyu1rv79wro1_500

    No inicio, eu via a Pitty só como uma garota meio maluquinha, depois do segundo sucesso dela eu me toquei que ela era a voz feminina que precisávamos no rock contemporâneo. Ela toma posições e questiona sobre a vida. Quando ouço os sucessos da Pitty em loop infinito, fico pensando em como essa mulher pode dizer tudo o que eu penso numa música?!? Fora o visual rocker dela que eu amo demais. <3

  5. A MÚSICA TEMA DE SUPERNATURAL

supernatural my son

Essa é uma das séries que me fez ser a viciada em séries que eu sou hoje. Eu ficava até de madrugada nos finais de semana, esperando o SBT passar um episodio da série. Ainda não consegui ver todos (uma vergonha!), fico revendo uns antigos e vendo uns novos, não quero ter que “acabar” com ela. Até hoje, quando toca a música tema de Supernatural e eu vejo tudo o que passamos (eu, Dean e Sam) juntos, eu me arrepio. Sou apaixonada pelo Dean bad boy, que ouve os rocks e dirige um Impala preto lindo. <3

5 comentários sobre “5 vezes que a vida me fez rockeira

Comente!