O Gato joga: LEGO Legends of CHIMA: Speedorz

Já faz um tempo que não posto uma resenha de game por aqui, não é mesmo?

LEGO Legends of CHIMA: Speedorz foi o meu ultimo vicio, consegui até zerar o jogo pois corrida é um dos meus estilos favoritos.

O game deriva da animação LEGO Legends of CHIMA e como todo jogo de corrida, o objetivo é chegar na frente. Ao quebrar os recordes e coletar as peças de LEGO no caminho, conseguimos desbloquear personagens e pistas.

É muito simples de jogar, uma vez que basta tocar nas laterais da tela para guiar o monociclo. Existem também as cargas que podemos coletar. O veiculo só segue na mesma velocidade sempre e as cargas funcionam, assim, como uma espécie de nitro quando ativadas no botão que fica na lateral direita da tela.

Nós não encontramos o nosso adversário. Somos colocados em uma selva, cada um de um lado e corremos para chegar primeiro no templo onde ocorrerá o grande embate. Quem chegar primeiro destrói o monociclo do adversário e ganha veiculo, peças e circuitos novos.

Não há publicidade perturbando e estragando a experiência. Além disso, o game possui ótimos gráficos e  jogabilidade. Ele não travou no meu celular, que já está bem ultrapassado…

Zerar o jogo consiste em adquirir tudo o que há nele, monociclos, pilotos e pistas. Não é difícil, é um game fácil de chegar até o fim e, inclusive, eu gostaria que ele tivesse mais desafios. Depois de um tempo não há mais o que fazer, uma vez que tudo já foi conquistado. Porém, olhei na página do desenvolvedor e vi que ele é um jogo para crianças a partir de quatro anos, então faz sentido a sua simplicidade.

Se você busca um passatempo com bastante ação e aventura, eu indico o LEGO Legends of CHIMA: Speedorz. Vale bastante a pena!

Gratuito, o game  está disponível para Android e iOS.

Siga nas redes sociais!

Facebook  ✚ Instagram ✚ Twitter ✚ Google +  ✚ Pinterest ✚ Youtube ✚ Skoob

O Gato joga: Alto’s Adventure

Já faz um tempo que não vejo um jogo com design tão diferente. Adorei a surpresa!

Alto's Adventure - jogo - resenha - game

Alto’s Adventure é um jogo de corrida infinita e snowboarding. Nele, em meio à muita neve, encontramos um pacato vilarejo na montanha. É de lá que Alto e seus amigos embarcam em uma infinita odisseia de snowboard para resgatar as lhamas fujonas.

Deslizar sobre telhados, saltar sobre terríveis abismos e enganar os anciões da montanha, são apenas alguns dos desafios enfrentados em meio à grandes variações climáticas e a própria passagem do tempo.

Dá pra acumular pontos com as manobras, metas concluídas e lhamas recuperadas. Com isso é possível melhorar a jogabilidade.

Outros personagens também são desbloqueados com o passar das fases, a minha preferida é a Maya, que tem como ponto forte sua capacidade de manobra.

É um jogo leve, sem propaganda de minuto em minuto e que conta com um visual lindamente minimalista. A trilha sonora também vai se adequando ao ritmo da partida, muito legal e estimulante.

Gratuito, Alto’s Adventure  está disponível para Android e iOS.

O Gato joga: Sky Whale

Eis que num intervalo do iCarly eu vejo o anuncio de um jogo tão sem noção que me chamou a atenção.

Sky_Whale_Small_Game

Sky Whale  é tão absurdo que fica dificil de explicar, mas é bem legal também. No game, saltamos pelo céu recolhendo donuts para manter o narval voando. Usamos as nuvens e objetos que estão presentes no céu para quicar mais alto e mais longe.

Combos levam o narval cada vez mais alto, podendo chegar até mesmo ao espaço sideral. O equipamento de mergulho nos leva para uma aventura submarina. É engraçado porque o narval é uma baleia dentada de tamanho médio, mas no jogo ele só consegue ficar na água se tiver uma mascara de mergulho.

Quanto mais combos e mais tempo ficarmos no ar, mais moedas ganhamos. Essas moedas podem ser usadas para destravar objetos, equipamentos e impulso. É legal porque conseguimos essas moedas bem rápido e as coisas não custam caro, não é aquele tipo de jogo que você jogo infinitamente para conseguir ter alguma mínima vantagem ou bônus. A minha única critica negativa é que poderia ter mais cenários.

Confira no vídeo como o jogo funciona!

Gratuito, Sky Whale  está disponível para Android e iOS.

O Gato joga: Plants vs. Zombies 2

Eu tenho uma relação de amor e ódio com Plants vs. Zombies 2.

Há mais de um ano eu já havia baixado, me viciado, travado em uma fase e desinstalado de raiva. Resolvi baixar de novo porque gosto de ser trouxa.

Plants vs. Zombies 2 - resenha - GatoQueFlutua (2)

Esse jogo é extremamente viciante, deve ter algum pacto pra ser assim, só pode.

Já zerei o Plants vs. Zombies que é uma versão bem simples e mais fácil. Plants vs. Zombies 2 é ainda mais complexo. Eu comparo com um jogo de xadrez, no qual você tem que escolher as peças e saber onde colocá-las.

No game, precisamos proteger a casa do ataque de zumbis. Para isso, colocamos plantas que tem capacidade bélica e de defesa. Coletamos os solzinhos que aparecem na tela para podermos colocar mais plantas em jogo. Também há o adubo que aumenta a capacidade de ataque das mesmas.

Plants vs. Zombies 2 é um game bem engraçado e sem noção, sua história nos cativa.

Plants vs. Zombies 2 - resenha - GatoQueFlutua (2)Plants vs. Zombies 2 - resenha - GatoQueFlutua (1)Plants vs. Zombies 2 - resenha - GatoQueFlutua (3)

Dá primeira vez em que instalei esse jogo nem dei bola para o Jardim Zen, e nossa, como eu estava errada. Essa funcionalidade nos permite cultivar plantas mais poderosas para levar para a batalha. Isso é incrível e faz toda a diferença naquela fase que parece impossível de ultrapassar (no meu caso são as do Velho Oeste).

Gratuito, o game está disponível para Android e iOS. Baixa logo!

O Gato joga: O Mundo dos Desenhos

Não imaginei que o novo lançamento da parceira Coquetel fosse me encantar tanto!

Blog_GatoQueFlutua_Foto_Debb_Cabral

O Mundo dos Desenhos vem resgatar aquela magia de ligar os pontos e ver uma imagem surgir. Quando criança eu tinha muitas revistas assim e passava tardes inteiras entretida nelas.

Na minha família sempre foi muito importante que nós estivéssemos brincando com coisas criativas. Minha casa é a casa dos quebra-cabeças, blocos de montar e revistas de jogos. Bonecos e bonecas sempre foram muito mais decorativos e/ou colecionáveis.

Só que nós crianças, crescemos. E pensando nisso, O Mundo dos Desenhos nos traz, em suas páginas, imagens de obras de arte, desenhos, cenários dos mundo do entretenimento, marcos mundiais, esportes, transporte e natureza. São até 400 números consecutivos por página!

Blog_GatoQueFlutua_Foto_Debb_Cabral Blog_GatoQueFlutua_Foto_Debb_Cabral

A brincadeira de ligar os pontos fica gradativamente mais interessante à medida em que você consegue decifrar do que se trata o desenho no papel. Caso não identifique a imagem ou o nome, ao final do livro você encontrará uma lista com as referências.

Tenho me divertido muito com esse livro, confesso que não sou muito boa, mas estou melhorando! Pra mim, que estou aprendendo a costurar na máquina, esses jogos tem ajudado muito na hora de manter a mão firme, traçar retas e tudo mais!

Blog_GatoQueFlutua_Foto_Debb_Cabral

Quem gosta dos livros de colorir pode curtir esse aqui também, pois é só pintar depois a imagem que você mesmo traçou!

O livro O Mundo dos Desenhos está disponível em bancas, livrarias e nas principais lojas virtuais do país.

Vale muito a pena conferir! 😀

coquetel blog parceiro