6 on 6 – Dezembro 2016

Acho que em 2017 não vai ter 6 on 6 por aqui. Eu consegui a proeza de postar este de dezembro atrasado! Eu gosto muito da ideia, mas infelizmente todo mês tenho problema em realiza-la.

Vamos ver como que vai ser daqui pra frente. Por enquanto vamos ao de dezembro! Estou já na vibe de Rogue One: Uma História Star Wars e foi a partir desse universo que tive a ideia para as fotos deste mês.

6on6_Dezembro_2016_StarWars_GatoQueFlutua_Foto_DebbCabral6on6_Dezembro_2016_StarWars_GatoQueFlutua_Foto_DebbCabral6on6_Dezembro_2016_StarWars_GatoQueFlutua_Foto_DebbCabral6on6_Dezembro_2016_StarWars_GatoQueFlutua_Foto_DebbCabral6on6_Dezembro_2016_StarWars_GatoQueFlutua_Foto_DebbCabral6on6_Dezembro_2016_StarWars_GatoQueFlutua_Foto_DebbCabral

01. Adoro o livro As Aventuras de Luke Skywalker, Cavaleiro Jedi,  da Pixel. Ele é em capa dura e conta de maneira resumida toda a trama da trilogia clássica. Faz um apanhado geral focando no Luke e traz as ilustrações originais de Ralph McQuarrie.

02. Um livro também, mas é uma leitura que vai ficar pro ano que vem. Manual do Império é um dos livros “guias” que foram lançados recentemente. Este traz todo um visual digno de manual mesmo e anotações dos personagens, além disso esclarece duvidas sobre a formação do poderoso Império do mal.

03. A caneca do Darth Vader veio de brinde no ovo de pascoa e logo se tornou porta-lapis aqui em casa.

04. Já o copo de Stormtrooper é meu companheiro de aventuras. Pra lidar com o calor daqui de Belém eu encho de gelo este copo da Tupperware e vou me hidratando a medida que derrete.

05. Não tem como não amar Lego, não é mesmo? Olha só o Finn de Lego! Ganhei este num sorteio em um evento do Conselho Jedi Pará e achei uma gracinha. Como foi um sorteio duplo dei ele pra minha irmã e fiquei com o item da foto abaixo.

06. A Rey de Lego!!! Ela é linda e toda detalhada. Essa girl power tinha que ficar em destaque na minha estante. Amo muito e estou na torcida para que a Jyn Erso, personagem de Felicity Jones, seja tão destruidora quanto a Rey!

Siga nas redes sociais!

Facebook  ✚ Instagram ✚ Twitter ✚ Google +  ✚ Pinterest ✚ Youtube ✚ Skoob

O Gato viu: Star Wars VII – O Despertar da Força

Esse post é sem spoilers, fica tranquilo. 🙂

Finalmente o sétimo filme da franquia Star Wars estreou! E que estreia!

J. J. Abrams, o diretor, está de parabéns. Entendeu o que significa Star Wars e respeitou a história.

Na trama, décadas se passaram desde a queda de Darth Vader e do Império. Mas como a galáxia é bem grande, sua mensagem não se perdeu. Surgiu, então, uma nova ameaça: a Primeira Ordem, uma organização sombria que deseja destruir a República.

Star Wars VII - O Despertar da Força - filme - resenha - gatoqueflutua (3)

Perceberam como a história se inverteu? Desta vez é o lado negro que está tentando se firmar, diferente da trilogia clássica em que ele já estava estabelecido.

Luke Skywalker (Mark Hamill) está misteriosamente desaparecido. A Força e os Jedis parecem mais lendas do que realidade.

Poe Dameron (Oscar Isaac), um dos melhores pilotos da Resistência foi enviado ao planeta desértico Jakku para descobrir o paradeiro de Luke, mas essa não será uma tarefa fácil. Finn (John Boyega) é um stormtrooper que está em conflito com o que sente e acredita. Já Rey (Daisy Ridley) é uma moça que vive sozinha catando destroços de naves antigas. Esse trio se encontrará, mas não antes que a Primeira Ordem chegue em seu encalço.

Star Wars VII - O Despertar da Força - filme - resenha - gatoqueflutua (4)

Além da volta dos atores antigos, o que garante credibilidade e linearidade a história, nós somos apresentados aos novos personagens como o trio já falado e o novo vilão Kylo Ren (Adam Driver) e o General Hux (Domhnall Gleeson). Kylo Ren promete uma boa evolução como vilão.

As cenas de voo, bem como as de luta são incrivelmente bem feitas. Efeitos especiais na medida certa e sem exagero.

Star Wars VII - O Despertar da Força - filme - resenha - gatoqueflutua (2)

Cheio de referências aos filmes da trilogia clássica, Star Wars VII – O Despertar da Força é bem escrito e não força a barra. Vemos claramente a “jornada do herói” e nada do que acontece na trama é gratuito, tudo é feito para ver-mos a evolução da saga.

Quando vi os trailers pensei que o Finn seria aquele cara chorão e dramático, mas quebrei a cara. Rey é a personagem feminina que precisávamos, quero muito ver do que ela será capaz.

Star Wars VII - O Despertar da Força - filme - resenha - gatoqueflutua - gif

Star Wars fala sobre poder, liberdade, politica e amizade. É bom ver que o episódio VII não se esqueceu disso.

PS: O BB-8 é a coisa mais fofa do universo, preciso de um brinquedo dele! 

Vale muito, muito, muito a pena conferir!