O Gato leu: Social Killers – Amigos Virtuais, Assassinos Reais

Social Killers – Amigos Virtuais, Assassinos Reais – R. J. Parker e J. J. Slate
Editora: DarkSide
Ano: 2015
Páginas: 272
Compre: Amazon | Submarino | Americanas | Cultura | Saraiva

Pensa numa leitura louca e que te deixa com vontade de sair da internet de vez!

Crime Scene é uma das minhas coleções preferidas da editora DarkSide, pois apresenta histórias reais de investigação criminal, algo que não é para estômagos fracos.

Social Killers_livro_resenha_GatoQueFlutua_blog_Foto_Debb_Cabral

Me interesso pelo assunto dos crimes virtuais e do anonimato, além de gostar muito da série de TV Catfish, que mostra as verdades e mentiras dos relacionamentos online.Na série, as coisas são tranquilas, muitas vezes é só a insegurança que leva à mentira, mas em Social Killers – Amigos Virtuais, Assassinos Reais a mentira leva ao crime.

 O livro é muito interessante pois mostra que isso não é algo novo. Antes de existir a internet alguns criminosos usavam os classificados dos jornais para atrair suas vitimas. As pessoas achavam que iam prestar alguns serviço ou conseguir um emprego e seguiam ao encontro do desconhecido.

A espiral de crimes não demorou a culminar em assassinato. Eles passaram a matar juntos e descobriram que gostavam do que faziam. (Pág. 15)

Hoje em dia, com as redes sociais, fica muito mais fácil para os criminosos acharem a presa perfeita. Postamos fotos, vídeos e contamos sobre nós mesmos diariamente. A rede mundial de computadores vai criando um grande arquivo sobre a nossa vida, gostos e interesses.

Nós sabemos que isso é verdade, em uma stalkeada sabemos tudo sobre aquela pessoa que despertou a nossa curiosidade. Mas o que leva alguém a ir além disso, ficando obcecado com a outra pessoa a ponto de machuca-la? Talvez algo anterior a tudo isso…

David continuou a se comportar de maneira obsessiva, apesar das reiteradas recusas de Joanna. Ela aconselhou-o a buscar a ajuda de um psicólogo e bloqueou-o no site. (Pág. 85)

Esses casos de predadores sexuais, assassinos, canibais e torturadores que se aproximaram de suas vitimas através de solicitações de amizade são contados pelos autores R. J. Parker e J. J. Slate e nos mostram que a história de vida desses criminosos é tão perturbadora quanto seus crimes. Abuso físico e psicológico, violência e falta de relacionamento familiar são só algumas das camadas que formaram esses individuos.

Para mim, os casos mais angustiantes são aqueles que envolveram mulheres que tinham fixação por gravidez. Não vou entrar em detalhes mas vocês já conseguem imaginar o nível da história.É chocante pois tudo aconteceu de verdade.

Depois de esconder o cadáver no vão sob a casa, Korena ligou para o namorado. (Pág. 123)

Mas para a bad não se apoderar do nosso corpo de vez ao ler toda essa tristeza, ao final os autores mostram como as forças da lei estão usando, com sucesso, as redes sociais e as novas ferramentas de comunicação para investigar, monitorar e prender esses tipos de criminosos. Ainda há dicas de segurança na internet, algo que pensávamos que fosse importante somente para as crianças, mas na verdade é um alerta para todos nós, que passamos tanto tempo conectados.

Imperdível!

Siga nas redes sociais!

Facebook  ✚ Instagram ✚ Twitter ✚ Google +  ✚ Pinterest ✚ Youtube ✚ Skoob

Por que a internet se tornou tão atraente para os jovens?

Por: Dalissa Cabral

Assim como a humanidade, a internet está em constante evolução, aprimorando seus conhecimentos e repassando-os à frente. O aplicativo de música Spotify está para os jovens de hoje como o site My Space está para os jovens do começo dos anos 2000. Podemos perceber um tipo seleção natural no mundo digital, pois nele, são os mais carregados de novidades que sobrevivem.

beast man -teen titans go (1)

Dessa maneira, seguindo a evolução virtual percebemos a mudança de comportamento dos jovens. Mesmos cercados por várias redes sociais ainda há aquelas comunidades mais populares, e é a partir delas descobrimos como os jovens se projetam no mundo da internet.

O Twitter com os seus 144 caracteres é tido como a rede social para relatar acontecimentos da vida, revoltas críticas diante do vivido, e, principalmente, como o lugar para contar sobre os próprios infortúnios. Até o padre Fábio de Melo compartilha desse habito, basta acessar o seu perfil para ver o motivo que o torna famoso nessa rede.

Já o Facebook tornou-se atrativo entre os jovens, primeiramente por ser o estágio mais avançado do finado Orkut. Na rede social de Zuckerberg as pessoas têm maior espaço para falar de si mesma e das coisas que acham validas para serem compartilhadas, esse sem dúvida deve ser um dos maiores motivos – se não o maior – do sucesso dessa comunidade virtual. Os jovens sempre sentiram a necessidade de estar com os seus grupos de amigos, e o Facebook permite isso, nele os jovens compartilham vídeos, fotos, gifs e links de matérias que os interessam e que eles acreditam que irão interessar os seus amigos de rede.

beast man -teen titans go (3)

Ao mesmo tempo percebe-se nesse ato de compartilhar assuntos uma forma de se colocar, de se afirmar para os outros, assim os jovens mostram aquilo que eles são, os seus gostos, crenças e posições sociais, é por meio desses vários compartilhamentos que os jovens se apresentam, se definem diante da sociedade, numa espécie de cartão de visita na internet.

Por sua vez, o Instagram possui ferramentas mais limitadas, seus vídeos são menores e seu espaço para texto também. Dessa forma, o Instagram tornou-se um lugar no qual as pessoas se reportam por fotos, semeando a cultura do “selfie”. A rede ajudou a dá instantaneidade para a divulgação de momentos da vida. No exato momento em que a pessoa está vivenciando determinada situação podemos ver junto, através da fotos postada e nós já estamos “dando likes” nesta.

beast man -teen titans go (2)

O motivo pelo qual as redes sociais atraem os jovens é porque elas permitem que eles se mostrem, divulguem a si mesmos e seus pensamentos. Também é possível ver a forma como seus amigos e seguidores pensam, dando a internet um grau de interatividade enorme. Logo, os jovens podem se sentir protagonistas de suas próprias vidas, e vendo que suas ações ganham interesse e/ou apoio dos outros jovens, a necessidade de autoafirmação está no cerne dessa grande atração.

Conheça o Movimento "Compro de Quem Faz"

Esse post é delicinha de fazer. <3

Acho que essa é uma excelente temática. Sempre gostei de fazer algo com as minhas próprias mãos, já fiz bijuterias, aprendi a fazer umas aplicações de miçangas em tecido, reciclagem, crochê e, como vocês sabem, mais recentemente, a costurar.

imagesO artesanato pode parecer somente um passatempo (e pra quem faz de coração é algo assim mesmo), mas criar algo artesanalmente dá muito trabalho. Por isso sempre valorizei muito quem trabalha e ganha a vida através dele.

Antes de criar a Meow Store e, estar do outro lado da situação, eu já apreciava o trabalho artesanal. Comprava (e ainda compro) produtos de são feitos por amigas (os), primas e outros pequenos empreendedores locais. O que compro é um produto exclusivo e que foi cuidado em cada etapa da sua confecção.

Por isso, convido vocês a conhecerem o Movimento “Compro de Quem Faz”!

compro_de_quem_faz_e81Um movimento a favor de artesãos e artistas criativos e independentes.
Um movimento para incentivar o sustentável e o local, por meio do apoio às pessoas que amam o que fazem

Veja o Manifesto:

Compro-de-Quem-Faz-Manifesto

Isso é consumo consciente. Participe e apoie! 🙂

10 idéias de posts para blog

Bateu o bloqueio criativo?

Pra evitar ficar vagando na internet em busca de uma inspiração que não vem, é melhor sempre ter algumas saídas em mente.

Saiba que a procrastinação não vai ajudar em nada e na internet a nossa atenção se dispersa com muita facilidade.

tumblr_mqfdx1ok3o1rvzdzso1_500

Pensando nisso fiz uma lista com 10 idéias de posts para blog! São temas variados e com o objetivo de mostrar mais o blog como o espaço pessoal que ele é. É o seu ponto de vista, é a sua experiência, é você que escreve. 🙂

    1. Faça uma lista dos blogs e sites que você ama
    2. Resenhe um livro/filme/jogo
    3. Responda ou crie uma TAG
    4. Comprou algo online? Conte a sua experiência
    5. Fez alguma viagem? Conte sobre passagem, hospedagem, alimentação, passeios, compras…
    6. Fale sobre a sua cidade
    7. Ajuda alguma ONG ou causa social? É muito importante que outras pessoas tenham acesso à informação para poder ajudar também. Compartilhe isso!
    8. Tem alguma receita em que é craque? Grava um tutorial!
    9. Fatos sobre você. Faça uma lista!
    10. Por que você bloga? Conte um pouco sobre isso.

Eu tenho um caderninho que fica ao lado da minha cama, nele rascunho idéias para o blog que surgem quando menos espero. Às vezes a inspiração vem na hora em que estamos ocupados, pra não perder nada é só anotar!

E, principalmente, preste atenção nos seus leitores. Às vezes o próximo post será a resposta para uma dúvida que surgiu num comentário. 🙂