O Gato viu: Capitão América 3 – Guerra Civil

Eu não sei bem o que dizer de Capitão América 3 – Guerra Civil. Quem já acompanha o blog a mais tempo sabe que eu li a graphic novel homônima e estava com as expectativas bem baixas para o filme.

captain-america-civil-war-international-banner-by_cveg

O filme não tem quase nada do quadrinho, então decidi encarar como uma obra solta e não como uma adaptação. Isso é o melhor a se fazer, levando em conta que na história original estão presentes personagens como os X-Men e o Quarteto Fantástico, fora outros super-heróis “avulsos” de grande importância que não estão no filme. Já foi um parto conseguirem trazer o Homem-Aranha, imagina os X-Men?

Ponderado tudo isso, o que eu tenho a dizer sobre o filme?

Eu gostei muito, muito mesmo. Capitão América 3 – Guerra Civil é bom, inclusive superior a Vingadores 2 – Era de Ultron.

A trama foi reformulada mas segue a base das “consequências dos atos dos super-heróis” como os trailers que saíram já mostravam. No filme vemos Steve Rogers (Chris Evans) liderando o recém-formado time de Vingadores com Viúva Negra (Scarlett Johansson), Feiticeira Escarlate (Elizabeth Olsen), Visão (Paul Bettany), Falcão (Anthony Mackie) e Máquina de Combate (Don Cheadle) em suas novas missões, tal como deu a entender no final de Vingadores 2. Porém, um novo incidente envolvendo os Vingadores resulta num dano colateral, diante de tantas situações que estão fugindo do controle, a pressão política se levanta.

Os Vingadores são uma instituição privada que não respondem a ninguém e agem em qualquer país sem se importar com a soberania nacional. Os governos e a ONU querem, assim, instaurar um sistema para supervisionar e dirigir a equipe. Nesse momento já vemos T’Challa (Chadwick Boseman) inserido na história. Este é o guerreiro Pantera Negra, mas que também é príncipe do reino de Wakanda e está querendo uma posição definitiva dos Vingadores sobre seus atos.

Alguns heróis já estão abalados pelos acontecimentos e acham que é hora de prestar contas e tentar reconquistar a confiança da população mundial, nesse grupo está Tony Stark (Robert Downey Jr.). Outro grupo, liderado por Steve, quer que os Vingadores permaneçam livres para defender a humanidade sem a interferência do governo, pois acreditam que podem se tornar um tipo de exercito nas mãos dos políticos e não desejam isso.

É uma situação muito complicada, de um lado a liberdade e de outro a vida em sociedade. O  filósofo romano Cícero já dizia “todos somos escravos das leis para que possamos ser livres”. O que traz uma grande mudança nessa trama é a presença do Soldado Invernal (Sebastian Stan), que era Bucky, o amigo de infância de Steve que se tornou uma arma da Hidra.

Sabemos que quando se trata do Bucky, o Steve perde totalmente a noção. Temos, então, um Capitão América menos idealista e mais protetor e passional, o foco de sua luta muda. Ao mesmo tempo que Tony Stark parece se prender as amarras da burocracia politica, mas também apresenta uma visão muito mais aberta a realidade que os Vingadores estão enfrentando.

Não dá pra escolher um lado, pois ambos estão certos se você observar com calma. Capitão América 3 – Guerra Civil se tornou assim, um dos meus filmes favoritos da Marvel. Pode não ser uma boa adaptação, mas é uma história com grande potencial de reflexão. Dá pra relacionar com as situações politicas e econômicas que vemos nos jornais diariamente e perceber que a ficção não é algo tão distante. Embalado com muita ação (muita mesmo), momentos dramáticos e uma premissa madura, este é um filme que você deve assistir.

PS: Tom Holland cumpre seu papel como Peter Parker/Homem-Aranha. Ele é inserido na trama de uma maneira tão leve que somos conquistados por seu carisma. Acho que este mais jovem Homem-Aranha será o que unirá os fãs de verdade. Sendo assim, eu amo o Homem-Aranha e vou protegê-lo.

O Gato viu: Vingadores 2 – Era de Ultron

Ainda tô muito agitada por conta desse filme.

zz1da53ba9

Depois do sucesso de Vingadores, fiquei com muito medo que a sequência fosse decepcionar. Mas foi justamente o contrário!

Vingadores 2 – Era de Ultron é incrível!

SINOPSE

Quando Tony Stark (Robert Downey Jr.) tenta alavancar um programa de paz virtual, as coisas dão errado e os maiores heróis da Terra enfrentam o teste definitivo enquanto o destino do planeta está em jogo. O vilanesco Ultron (James Spader) surge, e cabe aos Vingadores impedi-lo de concluir os seus planos terríveis. Para tanto, logo surgem alianças inesperadas que abrem caminho para uma aventura global épica e única.

Nesse filme vemos uma história que se passa após os eventos de Vingadores, Homem de Ferro 3, Thor 2 e Capitão América 2.

A S.H.I.E.L.D. não existe da mesma maneira, então os Vingadores se uniram com o objetivo de proteger a Terra. Agora eles contam com muito mais estrutura e organização.

Ultron nasce do medo de Tony Stark, o medo do fim, da extinção. Sua criação está relacionada, ainda, com a Hidra e com o vilão Loki.

Os gêmeos Mercúrio e Feiticeira Escarlate também integram a trama.

ultron-8

Vingadores 2 – Era de Ultron tem como maior metáfora a ideia de que “só podemos fazer isso juntos”.

Ultron é um grande vilão, incrível, inteligente e sarcástico. Ele percebe que os Vingadores também tem seus medos e são mais fracos quando estão separados.

Brigas internas acontecem. Desconfianças são contantes. Superar tudo isso é mostrar o quanto Ultron é errado.

hulk_vs_iron_man_660_60fps_256c-0

Mas não é fácil.

Uma das grandes novidades que temos nesse segundo filme é a entrada do personagem Visão, que já foi mostrada em diversos trailers. O visual dele é impecável. Visão surge como um personagem do qual se sabe pouco. Será que ele é confiável? É uma dúvida que será respondida no momento da ação.

O que sabemos é que ele será fundamental para ligações futuras dos Vingadores com outros heróis, como os Guardiões da Galáxia.

Gente, vale muito a pena ver esse filme. Sou uma pessoa que gosta muito de quadrinhos, mas não sei o suficiente pra dizer o quão fiel o filme está. Sou sincera quanto a isso.

Digo que, enquanto obra cinematográfica, Vingadores 2 – Era de Ultron é muito bom.

O Gato leu: Guardiões da Galáxia – Vingadores Cósmicos

Guardiões da Galáxia – Vingadores Cósmicos – Brian Michael Bendis, Steve McNiven e Sara Pichelli
Editora: Panini
Ano: 2014
Páginas: 148

Hoje a dica é pra quem, assim como eu, assistiu o primeiro filme dos Guardiões da Galáxia, tá louco esperando o segundo e quer saber mais sobre o grupo.

O_Gato_leu_Guadioes_da_Galaxia_GatoQueFlutua_blog (2)

A Graphic Novel “Guardiões da Galaxia – Vingadores Cósmicos” é perfeita para isso. Ela contem as histórias das revistas Guardians of The Galaxy 0.1 a 03 e Guardians of The Galaxy: Tomorrow´s Avengers. Ou seja, história que começam e terminam dentro do livro!

Você não está pronta para…Ninguém na Terra está pronto para o que está acontecendo no resto desta galáxia. (Pág.17)

Ela dá esse maravilhoso bônus que é terGuardians of The Galaxy 0.1″ dentro dela, pois é uma história de antes do Peter Quill (Senhor das Estrelas) nascer e se foca nos pais dele. Pra quem não sabe, James Gunn, o diretor do filme falou que nessa segunda história que vai ao cinema será revelado um pouco mais sobre o pai do Peter. Só que não será o mesmo das histórias em quadrinhos. Mesmo que tenha a diferença, acredito que é bom conhecer a história original, pois nessa graphic vemos que o pai do Peter é um homem poderoso, que não dá ponto sem nó e esconde vários segredos.

TRAMA

Com roteiro de Brian Michael Bendis e artes de Steve McNiven e Sara Pichelli, esse exemplar mostra que a Terra está sob constante vigilância, tendo até uma lei que impede qualquer um de se aproximar dela.  Mas por que, de repente, ela se tornou o planeta mais importante do universo? É isso que tentamos descobrir.

Por que um bando de alienígenas atravessou metade da galáxia para matar um garoto de dez anos? Pág. 34)

O Homem de Ferro veio se juntar ao grupo e rendeu uma boa participação, com seu bom humor e perspicácia. Mas para mim, o melhor personagem dessa graphic é o Rocky Racum, são dele as melhores sacadas.

Há segredos que serão descobertos, batalhas serão travadas, uma invasão à Terra e o destino dos Guardiões da Galáxia pode já ter sido decidido há milhões de anos!

Se vamos fazer isto, seremos nós contra eles. (Pág. 63)

Há muitos extras como uma galeria de capas alternativas e outras artes espalhadas pela graphic.

Se você curtiu os Guardiões da Galáxia, então deve conferir!

o_gato_leu_guadioes_da_galaxia_gatoqueflutua_blog-3o_gato_leu_guadioes_da_galaxia_gatoqueflutua_blog-4o_gato_leu_guadioes_da_galaxia_gatoqueflutua_blog-5o_gato_leu_guadioes_da_galaxia_gatoqueflutua_blog-1