O Gato leu: Notícias do Planalto

Notícias do Planalto – Mario Sergio Conti
Editora: Companhia das Letras
Ano: 1999
Páginas: 720
Compre: Amazon

Finalmente terminei de ler esse livro!

GatoQueFlutua_blog_Foto_Debb_Cabral

Desde que apareceu no vídeo sobre TBR, metas e organização literária, só consegui acabá-lo agora, no inicio de janeiro. O motivo? Ele pesa muuuito e cansa o braço, rs.

Notícias do Planalto nos mostra muito bem como funciona a relação entre a comunicação e a politica. Usando o caso da eleição de Fernando Collor de Mello, vemos a construção da imagem do jovem politico e como ela foi vista, projetada e analisada pelos meios de comunicação do nosso país.

A noticia não estava só no que ele dizia. Collor tinha o senso do espetáculo da política. Sabia que, como num drama, era necessário às vezes sair do palco para não se desgastar. (Pág. 14)

Os grandes destaques são os jornais impressos, as revistas e a televisão. Através deles o público/eleitor conheceu o alagoano Fernando Collor. O livro é muito bem escrito e traz um quê de bastidores, como se ficassemos sabendo de fofocas e informações confidenciais. Isso consegue prender a leitura, pois ficamos curiosos. Queremos saber qual a próxima atitude ou ação e nisso, vamos aprendendo sobre esse capítulo importante da história do Brasil.

O livro começa contando a história do pai de Collor, Arnon de Mello, e termina com o impeachment daquele que foi o primeiro presidente eleito por voto popular após a ditadura militar.

– Mas o seu cargo é de confiança.

– Não é, Roberto. Meu cargo é de competência. Se fosse de confiança você teria colocado nele um parente ou um amigo. (Pág. 107)

Collor percebe que tem que usar a mídia a seu favor, e a grande mídia também passa a se interessar por aquele politico nordestino desconhecido e que se mostrava promissor. Nesse jogo de interesses, vemos como que as informações são levadas ao público: se o grupo de comunicação era contra Collor, mostrava e caçava todos os seus podres; se o grupo era a favor, fazia reportagens elogiosas.

Burocracia há tanto na politica, quanto há na comunicação, infelizmente. Os meios de comunicação não deveriam, literalmente, tomar partido. Isso deixa as noticias tendenciosas e só quem perde com isso é o público.

– O sinal de que a autoridade prefere abafar o caso e só vai andar com ele se for impossível varrê-lo para baixo do tapete. (Pág. 571)

Criticas à gestão são entendidas como críticas pessoais. Políticos e comunicadores muitas vezes agem como meninos mimados que fazem birra quando são contrariados.

Notícias do Planalto é uma aula sobre a história do jornalismo no Brasil, pois, mesmo fazendo o recorte de uma época especifica, nos mostra a base sobre a qual se ergueram os grandes conglomerados e nomes da comunicação no nosso país.

Nesses tempos de escândalos políticos e de pedidos de impeachment a torto e a direito, uma aula de sobre a história politica do Brasil cai muito bem.

ATUALIZAÇÃO

O livro vai virar filme! A previsão é que as filmagens comecem em 2017.

 Siga nas redes sociais!

Facebook  ✚ Instagram ✚ Twitter ✚ Google +  ✚ Pinterest ✚ Youtube ✚ Skoob

O Gato leu: Uma breve história do Brasil

Uma breve história do Brasil – Mary del Priore e Renato Venancio
Editora: Planeta
Ano: 2010
Páginas: 319

Faz tempo que eu tô lendo esse livro. Ele foi, inclusive, difícil de se ler para alguém que passou tanto tempo lendo só ficção. É bom variar e, mais ainda, é bom conhecer a nossa própria história.

Blog_GatoQueFlutua_Foto_Debb_Cabral

Uma breve história do Brasil é um livro que tem como objetivo contar a história do Brasil para leitores não especializados, pessoas comuns. É conhecer para nos entender.

Depois da leitura desse livro reforcei ainda mais o meu pensamento de que as desigualdades do nosso país e as grandes crises são reflexos de um copo que está transbordando e que não consegue suportar todos os problemas de gestão pública de que veio acumulando desde o seu “descobrimento”.

Os portugueses ignoravam a identidade dos povos indigenas, acusando-os de não ter religião ou de desconhecer a agricultura. Consideravam que seu nível civilizatório era igual ou inferior ao dos nativos africanos, parecer que, em breve, justificaria a exploração e a catequese de tribos inteiras. (Pág. 20)

É díficil consertar mais de 500 anos de problemas em quatro anos de mandato, ainda mais quando as necessidades do povo são, históricamente, deixadas de lado para dar vez aos interesses dos mais ricos e poderosos.

Achei Uma breve história do Brasil uma otima leitura para quem, assim como eu, já terminou os estudos há algum tempo. A linguagem é bem simples e ele não busca recuperar o passado na sua integridade, mas sim, destacar e debater os momentos mais criticos (bons e ruins) que foram decisivos para formar o país que temos hoje.

Desde a epoca da independência, vários testemunhos registram a ausência de uma identidade nacional brasileira e o desafio de construí-la. (Pág. 169)

Vale a pena conferir!

Fã faz vídeo com a ordem cronológica das cenas de Severo Snape

No dia 09 de janeiro foi o fictício aniversário de 54 anos do personagem Severo Snape, da saga Harry Potter.

Um fã montou cronologicamente as cenas dos oito filmes para contar de maneira sensível a história do professor de porções. Uma homenagem à esse homem que amou de verdade por toda a sua vida e nos rendeu uma reviravolta de emoções e sentimentos, tornando-se um dos personagens mais amados e reverenciados.

A trajetória do anti-herói me levou às lagrimas.

Confira o  vídeo.

“After all this time?”

Always”