O Gato leu: Batman: A Piada Mortal

Batman: A Piada Mortal – Alan Moore e Brian Bolland
Editora: Panini
Ano: 2011
Páginas: 82
Compre: AmazonSubmarino | Americanas | FNAC | Cultura | Saraiva

Batman: A Piada Mortal deve ser uma das histórias do Batman mais populares.

Blog_GatoQueFlutua_Foto_Debb_Cabral

Nela somos apresentados a uma origem para o Coringa, o grande vilão dos quadrinhos. Enquanto ele entra na mente do comissário Gordon para enlouquecê-lo, flashbacks nos mostram quem é (ou era) o homem por detrás da face do Palhaço.

Em Batman: A Piada Mortal somos levados em uma viagem à mente completamente doentia do Coringa, em uma história pesada e violenta.

Lembra? Oh, eu não faria isso? Lembrar é perigoso… Eu vejo o passado como um lugar cheio de ansiedade. (Pág. 28)

Quando Batman vai ao encontro do Coringa para salvar seu aliado, vemos que é tênue a linha que separa o criminoso do herói.

Eu li a edição especial de luxo, que é uma obra de arte. Ela conta com prefácio de Tim Sale; posfácio de Brian Bolland; “Sujeito Inocente”, uma aventura extra em oito páginas; esboços do artista; biografias; além da reprodução de uma história de Batman e Robin, de 1940, com arte de Bob Kane, o “pai” do Batman.

Só é preciso um dia para reduzir o mais são dos homens a um lunático. (Pág. 45)

Para essa edição, Brian Bolland fez questão de recolorir todos os desenhos. Saíram as cores quentes de 1988 e entraram cores mais lavadas e frias, com destaque para pequenos pontos da cena. Vemos então a história como o artista imaginou.

Essa história tem um hype imenso, mas eu confesso que não curti muito. Fui ler com a expectativa nas alturas e acabei me decepcionando, principalmente com o que acontece com a Barbara Gordon, mas não vou falar mais para evitar os spoilers. Muita gente colocou essa história em um pedestal e acha que por isso não se deve critica-la, mas gente, criticar não se resume a falar mal, mas a olhar com mais atenção.

A Piada Mortal tem as suas falhas e apesar de  ser muito original em alguns aspectos, em outros ela apenas repete um discurso antiquado com o objetivo de chocar através da violência.

Blog_GatoQueFlutua_Foto_Debb_Cabral Blog_GatoQueFlutua_Foto_Debb_Cabral

 Siga nas redes sociais!

Facebook  ✚ Instagram ✚ Twitter ✚ Google +  ✚ Pinterest ✚ Youtube ✚ Skoob