Novembro com intensa programação pelo Projeto Retratos Contemporâneos

Vivemos na era do digital, da imagem digital e do conteúdo digital. Porém, ao nos depararmos com obras produzidas em técnicas clássicas fica impossível não nos questionamos como esse tipo de produção se situa no contexto artístico contemporâneo.

flyers

Qual é o lugar do retrato na pintura contemporânea? Essa visibilidade diferenciada que o retrato pictórico proporciona é um dos temas do Projeto Retratos Contemporâneos, criado pelo artista visual Éder Oliveira e contemplado pelo Programa Rede Nacional Funarte Artes Visuais, do Ministério da Cultura. As ações se iniciam no dia 08 de novembro, às 19hs, com uma roda de conversa entre ele e os artistas Armando Sobral (PA), Ernesto Bonato (SP) e Fábio Baroli (MG). A conversa será mediada pela curadora Marisa Mokarzel (PA). Na mesma semana também haverá a realização de workshops com os convidados. As ações, que serão gratuitas, contarão com intérprete simultâneo de LIBRAS e ocorrerão no Centro Cultural Sesc Boulevard.

Armando Sobral e Ernesto Bonato tem aproximações com as técnicas dos grandes mestres e são alguns dos principais nomes da xilogravura do país. Já Éder Oliveira e Fábio Baroli tem trabalhos que abordam temáticas sociais. Oliveira usa a fotografia como ponto de partida para a realização de suas obras, seus retratados estão constantemente, nas páginas policiais da capital paraense. A partir da foto é que ele dá início a um processo de representação, não só do indivíduo, mas também da sociedade. Baroli também trabalha com a realidade, um flagrante no cotidiano. Como uma colagem de imagens, ele questiona a própria tradição da pintura em suas obras.

Pintura de Ernesto Bonato
Pintura de Ernesto Bonato

DESCENTRALIZAÇÃO DO DEBATE

O projeto tem o objetivo principal de propiciar a troca de saberes, poéticas e técnicas entre artistas de diferentes estados (PA, MG e SP) e a comunidade.

A Roda de Conversa será a oportunidade de motivar o debate, o diálogo e intercâmbio de experiências entre o público presente e os artistas convidados. Já as Práticas Abertas funcionarão como workshops. Durante quatro dias o espaço será um atelier coletivo, a cada dia um artista irá mostrar para o público suas experiências e sua forma de produzir, abordando seus processos criativos e as técnicas envolvidas em suas produções de retratos.

Além disso, os artistas convidados do projeto participarão de vivências através de encontros nos ateliers dos artistas de Belém.

✚ Confira a programação!

* Conversa: O Retrato Contemporâneo

Os artistas Armando Sobral (PA), Éder Oliveira (PA), Ernesto Bonato (SP) e Fábio Baroli (MG) conversarão com o público a respeito da produção contemporânea de retratos pictóricos nas artes visuais, a partir de seus trabalhos, pesquisas e poéticas.

08/11 (terça-feira), das 19 às 20h.

* Práticas Abertas

Nas Práticas Abertas, diariamente um artista mostrará ao público parte de seu fazer no âmbito do retrato e da figura humana. A metodologia poderá variar entre a exposição do processo criativo ou mesmo pela demonstração prática com cada artista, em um ambiente propício para a experimentação e a troca de experiências.

  • 09/11, de 09 às 12h, com Armando Sobral
  • 10/11, de 09 às 12h, com Fábio Baroli
  • 11/11, de 09 às 12h, com Éder Oliveira
  • 12/11, de 09 às 12h, com Ernesto Bonato

✚ CONHEÇA OS ARTISTAS 

Armando Sobral trabalha e vive em Belém. Artista Plástico graduado pela Fundação Armando Álvares Penteado. Cofundador do Atelier Piratininga, em São Paulo. Foi Professor da Universidade Federal do Pará entre os anos de 2003 e 2005, onde foi responsável pela reestruturação do atelier de protótipos tridimensionais. Instalou e coordenou o atelier público de gravura da Fundação Curro Velho, em Belém, entre os anos de 2001 e 2006 e vem prestando assessorias para instituições culturais do Estado na área de políticas públicas.

Éder Oliveira trabalha e vive em Belém. Nascido em 1983, em Timboteua, região do Salgado paraense. Licenciado em Educação Artística – Artes Plásticas pela Universidade Federal do Pará. Pintor por ofício, desde 2004 desenvolve trabalhos relacionando retratos e identidade, tendo como objeto principal o homem amazônico.

Ernesto Bonato é de São Paulo. Gravador, fotógrafo, curador e professor. Em 92 se formou no curso de artes plásticas na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. É mestre em artes também formado pela ECA/USP, Entre 1998 e 1999, foi professor de xilogravura no Atelier de Gravura do Museu Lasar Segall. Desde 1993 integra o Atelier Piratininga. Concebe e orienta cursos de desenho e gravura em instituições e atua como curador.

Fábio Baroli Vive e trabalha em Uberaba. É formado em Artes Visuais pela Universidade de Brasília. Recebeu prêmios como o X Prêmio de Arte Contemporânea do Iate Clube de Brasília (2011), o 1º Prêmio Espaço Piloto de Arte Contemporânea (2009), o 9º Salão de Artes Visuais de Guarulhos (2009) e o Prêmio Aquisição do 28° Salão Arte Pará. Possui obras no acervo do Museu Nacional de Brasília, Fundação Romulo Maiorana, Centro de Educação e Cultural.

✚SERVIÇO: Projeto Retratos Contemporâneos realiza encontros em Belém. No site http://www.ederoliveira.net/retratoscontemporaneos está disponível a programação completa. Programação gratuita. Local: Centro Cultural Sesc Boulevard (Av. Boulevard Castilho França, 522/523 – em frente à Estação das Docas). O projeto foi contemplado pelo Programa Rede Nacional Funarte Artes Visuais, do Ministério da Cultura. Contato: (91) 99254-2347; debbrabelo@gmail.com (ASCOM).

Siga nas redes sociais!

Facebook  ✚ Instagram ✚ Twitter ✚ Google +  ✚ Pinterest ✚ Youtube ✚ Skoob

O Gato viu: Tempos Modernos

Por: Dalissa Cabral

Tempos Modernos se passa no começo do século de XX e nos apresenta uma sociedade industrial, na qual o protagonista, interpretado por Charles Chaplin, é a personificação das críticas à produção industrial da época.

O trabalho em modelo linha de montagem não exigia qualificação profissional do trabalhador, mas contava com uma rotina frenética e repetitiva, que, por consequência, geravam distúrbios psicológicos ao operário.

tempos modernos - filme - resenha (1)

Tendo como cenário o fim da segunda Revolução Industrial, Tempos Modernos mostra importantes momentos históricos, como as greves dos trabalhadores industriais e a demissão em massa dos mesmos, o personagem de Chaplin vivencia esses dois momentos – mesmo que não propositalmente.

A personagem da atriz Paulette Goddard ilustra bem o lado contrário de toda a riqueza e desenvolvimento monetário, pois seu papel é de uma filha de pai desempregado e que o perde em uma espécie de reunião grevista. A jovem torna-se, então, moradora de rua. Histórias assim, não estão presentes somente na sociedade daquela época, mas, também na contemporaneidade, devido ao sistema capitalista que cria e fomenta essas situações.

Com o título, Chaplin sugere uma crítica à esse grande desenvolvimento tecnológico em contraste com velhos problemas sociais, como o desemprego, a desvalorização do trabalho e a desigualdade social.

tempos modernos - filme - resenha (2)

Em um determinado momento do filme o personagem desse tenta voltar a prisão pois é lá ele acha que deve se “encaixar”, não por acreditar ser um criminoso, mas porque a sociedade em que vive é conturbada demais para ele, frenética demais para alguém se diverte simplesmente em sonhar.

Esse desajuste do personagem fica evidente nas cenas na fábrica, o “desencaixado” sofre para lidar com os colegas de trabalho que não entende os surtos que acometem o protagonista ao se submeter ao desenfreado jeito de trabalhar da indústria. Essa padronização de comportamento é outra crítica do filme à essa sociedade, que pré-determina gostos e maneiras de se portar.

O sociólogo Zygmunt Bauman diz que vivemos em uma “modernidade liquida” na qual os produtos que determinam nossas vontades. Bauman também diz que esses produtos são programados para terem sua validade, para assim o consumidor ser obrigado a comprar a todo momento.

Tanto Zygmunt quanto Chaplin mostram que a modernidade não é tão moderna assim, ela problemas tão antigos quanto o próprio homem, e que agora alcançou a contemporaneidade com exatamente os mesmos problemas. Certamente por isso tais obras, mesmo feitas em anos passados, sejam tão atuais.

Por que a internet se tornou tão atraente para os jovens?

Por: Dalissa Cabral

Assim como a humanidade, a internet está em constante evolução, aprimorando seus conhecimentos e repassando-os à frente. O aplicativo de música Spotify está para os jovens de hoje como o site My Space está para os jovens do começo dos anos 2000. Podemos perceber um tipo seleção natural no mundo digital, pois nele, são os mais carregados de novidades que sobrevivem.

beast man -teen titans go (1)

Dessa maneira, seguindo a evolução virtual percebemos a mudança de comportamento dos jovens. Mesmos cercados por várias redes sociais ainda há aquelas comunidades mais populares, e é a partir delas descobrimos como os jovens se projetam no mundo da internet.

O Twitter com os seus 144 caracteres é tido como a rede social para relatar acontecimentos da vida, revoltas críticas diante do vivido, e, principalmente, como o lugar para contar sobre os próprios infortúnios. Até o padre Fábio de Melo compartilha desse habito, basta acessar o seu perfil para ver o motivo que o torna famoso nessa rede.

Já o Facebook tornou-se atrativo entre os jovens, primeiramente por ser o estágio mais avançado do finado Orkut. Na rede social de Zuckerberg as pessoas têm maior espaço para falar de si mesma e das coisas que acham validas para serem compartilhadas, esse sem dúvida deve ser um dos maiores motivos – se não o maior – do sucesso dessa comunidade virtual. Os jovens sempre sentiram a necessidade de estar com os seus grupos de amigos, e o Facebook permite isso, nele os jovens compartilham vídeos, fotos, gifs e links de matérias que os interessam e que eles acreditam que irão interessar os seus amigos de rede.

beast man -teen titans go (3)

Ao mesmo tempo percebe-se nesse ato de compartilhar assuntos uma forma de se colocar, de se afirmar para os outros, assim os jovens mostram aquilo que eles são, os seus gostos, crenças e posições sociais, é por meio desses vários compartilhamentos que os jovens se apresentam, se definem diante da sociedade, numa espécie de cartão de visita na internet.

Por sua vez, o Instagram possui ferramentas mais limitadas, seus vídeos são menores e seu espaço para texto também. Dessa forma, o Instagram tornou-se um lugar no qual as pessoas se reportam por fotos, semeando a cultura do “selfie”. A rede ajudou a dá instantaneidade para a divulgação de momentos da vida. No exato momento em que a pessoa está vivenciando determinada situação podemos ver junto, através da fotos postada e nós já estamos “dando likes” nesta.

beast man -teen titans go (2)

O motivo pelo qual as redes sociais atraem os jovens é porque elas permitem que eles se mostrem, divulguem a si mesmos e seus pensamentos. Também é possível ver a forma como seus amigos e seguidores pensam, dando a internet um grau de interatividade enorme. Logo, os jovens podem se sentir protagonistas de suas próprias vidas, e vendo que suas ações ganham interesse e/ou apoio dos outros jovens, a necessidade de autoafirmação está no cerne dessa grande atração.

Bárbara Morais lança livro em Belém

Belém receberá nesse sábado (07), o lançamento de A Retomada da União, terceiro livro da Trilogia Anômalos  de Bárbara Morais. A autora disse aos fãs no evento do Facebook que está “contando os dias para conhecer vocês pessoalmente!”. Todos estão muito ansiosos e a interação está bem grande desde a divulgação da notícia.

Lançamento em Belém - A Retomada da União - Barbara Moraes2

Além da sessão de autógrafos, Bárbara fará um bate-papo com os leitores. A mediação será por conta  do blog Garota Pai D´Égua.

Saiba mais:

A Retomada da União – Trilogia Anômalos

Depois do atentado que ficou conhecido como Massacre Amarelo, a situação em toda a União está crítica. Para a maioria das pessoas, Sybil está morta. A tensão entre humanos e anômalos é palpável, e Fenrir se apodera da fraqueza de seus semelhantes para se intitular o herói da revolução. Com a ajuda de novos e velhos aliados, Sybil resgata seu passado ao mesmo tempo em que tenta conquistar um futuro diferente para seus iguais. Peça-chave no plano para deter os principais inimigos do Estado, a garota se encontra em meio a um jogo político abarrotado de intrigas e mortes. Prepare-se para desvendar os maiores e piores segredos que estão por trás do desfecho desta eletrizante trilogia.

Bárbara Moraes

Escreve em seu blog, o Nem Um Pouco Épico sobre livros, música, filmes e cultura. Já teve contos publicados em coletâneas. A história da trilogia Anômalos se formou na sua cabeça depois de uma aula de ciências políticas, e combina dois de seus maiores interesses: conflitos sociais e superpoderes. Para a autora, aliás, sagas distópicas são uma excelente maneira de pensar em temas como esses sem deixar de lado a diversão.
Dia:  07/11/2015
Horário: 15h
Local: Saraiva Mega Store (Boulevard Shopping)
Endereço: Av. Visconde de Souza Franco, 776 – Loja 233 – Reduto
Entrada franca
Evento no Facebook

Belém na rota do #NerdPowerRecord

Finalmente lembraram que Belém e a região Norte fazem parte do Brasil!

A capital paraense receberá um evento imperdível que irá juntar os fãs de séries de sucesso como Harry Potter e Star Wars, além de quem curte livros de fantasia como “A Batalha do Apocalipse” e “As Crônicas dos Senhores do Castelo” e “As Aventuras do Caça Feitiço”, em um super bate-papo sobre os livros publicados pelo Grupo Editorial Record.

nerdpowerrecordEsses eventos literários são bem gostosos de se ir, e são ótimas oportunidades pra fazer novos amigos e se divertir! Além disso, o #NerdPowerRecord em Belém terá dinâmicas e sorteio de brindes oferecidos pela editora. <3

Então, amigo, pegue seu sabre de luz, sua varinha e espada e prepare-se para um evento repleto de leituras fantásticas. Se você gosta de jogos como “World of Warcraft” e “Assassin’s Creed”, se queria estudar em Hogwarts, treinar para ser um Jedi ou se juntar aos anjos caídos na batalha do Apocalipse, não pode ficar de fora do #NerdPowerRecord!

O evento será realizado em parceria com as meninas do blog Garota Pai D’égua.
Você não pode ficar fora dessa! Vamos? 😀

Dia: 11/07/2015
Horário: 15h
Local: Livraria Saraiva (Boulevard Shopping)
Entrada franca
Confirme presença no evento AQUI