Tag – Diferentona

Eu gosto de formatos diferentes de posts, de buscar outras formas de falar sobre livros sem ser através do formato tradicional das resenhas e, por isso, fiquei muito feliz quando o Everton Assis do SOODA Blog me falou do Book Club.

Ele é uma network de blogs e tem duas postagens fixas mensais, que são: resenha de um livro sugerido pelo grupo e uma blogagem coletiva. Eu não tenho a leitura da vez, mas não podia deixar de responder a TAG!

A TAG desse mês é bem leve e divertida e vai ajudar vocês a conhecerem o meu lado mais “diferentona”, rs. Vamos lá?

TAG Diferentona_Foto_Debb Cabral_GatoQueFlutua_blog

01. Só eu que li? ( Um livro que a maioria das pessoas desconhece, mas você leu)

A Procura de Vida Inteligente, do Victor Allenspach. É uma ficção científica nacional lançada de maneira independente pelo autor. O livro é cheio de analogias entre homens e robôs e ainda tem muita referência à Douglas Adams. Eu gostei muito e recomendo que vocês conheçam o trabalho dele!

02. Só eu que não gostei? (Um livro aclamado, menos por você)

Batman – A Piada Mortal, de Alan Moore e Brian Bolland. Polêmico, não é mesmo? Essa obra é muito cultuada entre os fãs de quadrinhos, mas eu não curti e tenho muitos problemas em relação à trama.

03. Só eu que vi apenas o filme? (Um livro que você quer muito ler, mas só assistiu ao filme)

Laranja Mecânica, de Anthony Burgess. Eu adoro o filme, mas infelizmente, nunca li o livro. Em breve isso vai mudar pois consegui uma edição através de uma troca no Skoob!

04. Só eu que não li nada dele(a)? (Um autor famoso de quem você nunca leu um livro)

H.P. Lovecraft. O cara revolucionou o gênero de terror, criando inclusive, elementos fantásticos para este. Lovecraft está na lista das próximas leituras porque tenho uma edição de A Cor que Caiu do Espaço aqui em casa e em breve vou contar para vocês o que achei da escrita do autor.

05. Só eu que gostei do malvado? (Um livro com um vilão – ou não-herói – pelo qual você torceu mais do que pelo mocinho)

Leatherface. O Massacre da Serra Elétrica (1974) é o meu filme de terror preferido. Eu gosto muito de histórias sobrenaturais, mas são aquelas com vilões bem humanos que me assustam mais. Leatherface e sua família são icónicos nesse sentido e o livro da DarkSide com bastidores sobre o filme só reforça o meu pensamento.

06. Só eu que acho que panela velha é que faz comida boa? (Um livro já desgastado, mas que você ama)

O Menino que quase morreu afogado no lixo, da Ruth Rocha. Acho que esse é o meu livro mais antigo, era das leituras do colégio. A história que ensina, de maneira divertida, sobre a importância de ser responsável desde pequeno pela sua organização e limpeza, me cativa até hoje.

07. Só eu que leio nacionais? (Um autor nacional que você adora)

Andrei Simões. Literatura de terror no Pará é com ele! O Andrei consegue nos deixar apreensivos e desolados com suas histórias assustadoras. Já li PutrefaçãoLuz, O deus do horror e recomendo muito!

08. Só eu que amo clássicos? (Um livro clássico que você gostou)

O Vermelho e o Negro, de Stendhal. A  história se passa no período que sucede a Revolução Francesa e tem muita critica social, politica e moral presente.

09. Só eu que li antes de virar filme? (Um livro que foi/vai ser adaptado para o cinema e você leu antes)

Guerra Civil, de Mark Millar & Steve McNiven. Gostei muito desse quadrinho ele é bem questionador e atemporal. Gosto muito do filme também, apesar da história ter tido mudanças bem drásticas. Pra mim, eles são histórias bem diferentes, mas cada uma com o seu lugar no meu coração.

10. Só eu que odiei o protagonista? (Um personagem principal que você odiou)

Sara, de Triângulo de Quatro Lados, de Adelina Barbosa e Fernanda Medeiros. A Sara é aquela protagonista que só sabe fazer drama por causa de namoro, ela me deu nos nervos muitas vezes durante a leitura.

Gostaram da ideia do Book Club?
Conhecam o grupo e façam parte dele!

Siga nas redes sociais!

Facebook  ✚ Instagram ✚ Twitter ✚ Google +  ✚ Pinterest ✚ Youtube ✚ Skoob

2 comentários Adicione o seu

Comente!