O Gato viu: A Bela que Dorme

Fui assistir A Bela que Dorme (Bella Addormentata, 2012), filme do diretor italiano Marco Bellocchio, o qual conta a história de Eluana Englaro que está em coma vegetativo há 17 anos.

Na trama, seu caso é levado ao parlamento italiano, que tem o poder de decidir se autoriza a eutanásia ou deixa os aparelhos que a mantém viva ligados. Tudo isso, no berço do catolicismo, onde se tem o Vaticano como o centro do poder e uma imprensa que faz do caso uma sombra que afeta a vida do país inteiro.

 

Uma história na mídia se torna familiar a todos e as pessoas passam a se envolver demais. É isso que de certa maneira acontece com os personagens do filme, que tem ideologias e crenças diversas. Como no caso do senador de esquerda que passou por uma experiência pessoal semelhante, da qual ele carrega o pesar.

É difícil decidir quando é conosco, mas também não é fácil difícil decidir quando é com o outro. Sua esposa presa a aparelhos, pediu, em segredo, para ele que acabasse com seu sofrimento. O politico tem de ir contra os seus valores e seguir a maioria, no caso, o partido que o elegeu. A liberdade e o direito a autonomia também estão ai.

São diversas as histórias que são afetadas pela de Eluana. É importante notar que A Bela que Dorme antes de ser um filme que fala sobre a morte é um que fala sobre a vida. Refletir como vivemos, se aproveitamos os momentos de felicidade ou nos prendemos eternamente a rancores e magoas. Como a mãe que representa a mulher santa. As duas estão com as vidas paralisadas, uma presa a uma cama por conta da doença, a outra presa a um teatro que a consome e a afasta daqueles que ainda estão de pé ao seu lado.

Ou a viciada suicida que decide pelo fim da sua própria vida e o médico idealista que, vigilante, mostra que a decisão pelo fim não é dela. O filme retrata bem isso, a luta pela vida, mesmo que o outro já tenha desistido. Direito de viver ou de sobreviver. Quando o corpo resiste mesmo que a alma já tenha ido embora, ou quando a alma habita um corpo sem vida.

A Bela que Dorme é um filme bom e necessário por expor um assunto que precisa ser amplamente debatido, seja do ponto de vista médico, politico ou familiar.

Siga nas redes sociais!

Facebook  ✚ Instagram ✚ Twitter ✚ Google +  ✚ Pinterest ✚ Youtube ✚ Skoob

Comente!